segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

No bom caminho para Sevilha

Finalmente parece que posso dizê-lo com convicção, as coisas voltaram à normalidade.

Depois do regresso pós-lesão documentado no último post, a semana passada estava prevista ser uma semana rolante, sem grandes aventuras. Mas o que é facto é que "a ocasião faz o ladrão".
As últimas semanas, do 8 ao 80.

Depois do treino do Correr Lisboa na 3ª feira (já viram o novo site?), surgiu a oportunidade de fazer um treino ligeiro no Monsanto com o Adelino e o Bruno. Mas há treinos ligeiros no Monsanto? NÃO!

Quase totalmente em alcatrão, acabei por fazer 17 Km's e sem qualquer vestígio da lesão.

Na 5ª feira voltei ao conforto rolante no Geriátrico das 5ªs feiras e a semana útil estava feita, ficando só a faltar o longo de domingo. Ou não...

6ª feira apareceu a oportunidade de acompanhar a Marta numa ida à pista da Sobreda. Ela ia fazer uns intervalados e eu iria rolar. Só que após o primeiro intervalado dela, o bichinho falou mais alto e resolvi acompanhá-la em 3 das 4 repetições que lhe faltavam. Acabei por fazer as 4, 4x 1000m a 4'20''. E que bem que soube.

Sobreda => Charneca da Caparica =>
Trafaria => Cova do Vapor =>
Costa da Caparica
Sábado não saí do sofá mas domingo era dia de longo.
O plano de treinos mandava 1h30m em ritmo calmo mais 1h em ritmo de maratona. E nem o diluvio nocturno me tirou a disposição.

Não estava à espera de cumprir o treino à risca, para mim já era bom fazer as 2h30m relativamente bem, pondo de parte os 60 minutos mais rápidos.

Apesar do inicio ter algumas subidas, não foi coisa que interferisse muito com o tal ritmo calmo que impus, a rondar os 5'30'' /Km.
Os quilómetros iam passando mas o desgaste estava nos padrões normais, nunca tendo qualquer indicio de quebra relacionado com a paragem.

Perto dos 17 Km's chego então à 1h30m de treino. Sentia-me bem e resolvi avançar com os tais 60 minutos mais rápidos. Iria até aguentar.
Aumentei o ritmo para perto dos 5' /Km e fui andando... até ao fim.

Cheguei às 2h30m  do treino com cerca de 28,6 Km e com uma média de 5'14'' /Km.
Um óptimo treino.

A evolução por quilómetro.

Esta semana há Fim da Europa, mas também há treino longo, 3 horas.
Esta prova é daquelas que eu tento não falhar mas também é daquelas que não me permite fazer um treino longo na véspera e depois chegar à prova minimamente bem. E agora?
Fácil, faz-se o Fim da Europa em versão "ida-e-volta". Problema resolvido.

Mais novidades na próxima semana.

Fui...




5 comentários:

  1. Grande Pedro! Fico muito feliz que a coisa esteja nos eixos como tu bem mereces para usufruir da fantástica experiência que é correr em sevilha com aquele maravilhoso público!

    Venga, venga, animo, animo, campeone! :)

    Um abraço e força!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já estou na fase da ansiedade. ;)
      Grande abraço!

      Eliminar
  2. Sim senhor!
    2h30 a essa velocidade...vai lá vai....

    Boa prova no Fim da Europa. Este ano vamos falhar mas é por uma boa causa :)

    Continuação de bons treinos!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quando a causa é boa tudo é perdoado. ;)
      Beijinho Isa!

      Eliminar
  3. Fim da Europa ida e volta, belíssimo longo que vais fazer :)

    ResponderEliminar