sábado, 29 de novembro de 2014

Do Montepio à Nazaré

Para actualizar o meu atraso no que diz respeito às provas já feitas, faltam ainda a 2ª Corrida do Montepio e a 40ª Meia-Maratona da Nazaré.

Mais uma vez o pós-maratona a fazer efeito, como já tinha acontecido no ano passado. As provas que se seguem à maratona são agradáveis surpresas.
Este ano não foi diferente.


26.10.2014 - 2ª Corrida Montepio (10Km)

Primeiro teste pós-maratona. A estratégia iria ser igual ao ano anterior, atacar até aguentar.

Este ano o objectivo principal passava por encostar no minuto 44, sabendo que é um patamar que obriga a condições quase óptimas para lá chegar. Apesar do percurso ser diferente continuava a ser totalmente plano mas a temperatura estava acima do desejado.

O inicio ficou marcado por alguma anarquia no acesso à caixa de partida. "Respeitar as zonas de acesso? Isso é para os tótós. Eu salto já aqui os limitadores.". E fico-me por aqui.

Depois da partida tentei a minha abordagem habitual, colocar o meu ritmo e aguentar o máximo possível.
Só o 1º Km foi acima dos 4:30 min/Km em função do habitual aglomerado inicial, sendo o resto da prova feita só com a preocupação de gerir o andamento, tentando não fugir aos 4:20 min/Km.

Com o último Km em cima dos 4:00 min/Km acabei a prova com 43m46s, a minha melhor marca na distância.

De salientar dois momentos de uma beleza rara, os "confetis" na Rua do Ouro, logo no inicio da prova, a dar uma imagem "hollywoodesca" ao inicio da prova, e também a entrada para os últimos metros da prova, quando viramos da Rua do Comércio para a Rua Augusta e ficamos com o Arco da Rua Augusta de frente com o aparato da meta ao fundo. Dois momentos fantásticos desta prova.




9.11.2014 - 40ª Meia-Maratona Internacional da Nazaré (21,097Km)

Foi a minha primeira visita à Nazaré, a chamada "mãe" das meias-maratonas portuguesas.
Correr Lisboa presente.
Com 1h37m como melhor tempo à meia-maratona, o objectivo passava por aproximar o máximo
possível deste valor, sabendo que iria ser difícil em função de algumas dificuldades do percurso e do vento que se fazia sentir. A temperatura estava óptima com alguma chuva à mistura.

O começo foi tranquilo, em conversa com amigos. sendo a primeira volta à Nazaré feita de uma forma descontraída. No entanto o ritmo já ia vivo.

Depois de nova passagem pela zona da partida começava realmente a prova.
Apesar dos desníveis do percurso, ia conseguindo manter o ritmo perto dos 4:30 min/Km.

Já depois do retorno aos 12,5 Km, comecei a preparar-me psicologicamente para alguma quebra. Estava com um ritmo próximo das provas de 10 Km, não devia durar muito mais tempo.
Na meta, com o parceiro dos últimos
metros. Boa ajuda.
Mas o que é facto é que durou, não quebrei e consegui manter o ritmo. Cheguei mesmo a pensar que poderia dar para baixar a 1h35m. Mas não deu, já não tinha forças para aumentar o ritmo para o necessário.

O melhor que consegui foi aumentar ligeiramente e só no último Km tive forças extra para acelerar um pouco e encostar nos 4:10 min/Km.
Terminei com 1h35m54s, tirando quase 2 minutos ao meu anterior melhor tempo.


E pronto, acho que já estou em dia. Vamos ver se não me atraso tanto nas próximas.

Fui...




sábado, 22 de novembro de 2014

Rock'n'Roll Maratona de Lisboa EDP 2014

Os "Vicentes" à partida.
Confesso que passado um mês e meio ainda me custa falar da minha 3ª maratona.
Não correu como esperado e tive o que nunca antes tinha tido desde que corro, câimbras.

Depois de uma preparação quase perfeita, as expectativas eram boas, sem nada apontar a qualquer tipo de problema anormal. Mas algumas coisas terão falhado...

Resumindo:

  • Km 0: Partida calma em ritmo de passeio no 1º Km.
  • Km 1: Ritmo normalizado para o pretendido, aproximadamente 5:10 min/Km.
  • Km 10: 52m. Dentro do previsto.
  • Km 15: 1h18m. Pouco depois do primeiro gel começo a ter cólicas. Não me fez abrandar mas foi companhia incómoda até final.
  • Km 20: 1h43m. Paragem técnica para um "xixizinho". Apesar de ter descarregado antes da partida já há algum tempo que vinha com vontade. Aproveitei umas árvores na zona do Jamor, eram o último sitio decente para fazer o que tinha que ser feito.
  • Km 21: 1h50m. Ainda dentro do previsto mas já com um peso anormal para esta distância a este ritmo. Comecei a perceber que algo se passava mas ainda sem dar muita importância.
  • Km 25: 2h10m. Começa a quebra, baixo entre 5 a 10 segundos por Km.
  • Km 30: 2h36m. É oficial, estou todo roto. Já vou no ritmo possível.
  • Km 35: 3h04m. Primeira paragem. Alongo mas as câimbras atacam. Não havia nada a fazer, iam ser 7 Km's bem penosos.
  • Km 41: Depois de 6 Km's em para-arranca, surgiu um sujeito vindo não sei de onde, com um spray em punho e que me diz "Põe isto!". E eu pus, ou melhor, teve que ser o Carlos a pôr (que estava comigo há vários quilómetros), porque eu não conseguia sequer chegar às pernas.
    O spray era PICALM (não conhecia). 30 segundos depois começa a passar a dor, as câimbras, tudo. Só estava cansado mas parecia que nada se tinha passado nos últimos 6 Km's.
  • Arranco, sem dores e sem câimbras, perto dos 6:00 min/Km e não mais parei até à meta.
  • Termino com o tempo final oficial de 4h13m12s.

video


O Miguel deu uma fugida
do trabalho para apoiar.
Agora a frio tenho várias explicações para o que pode ter acontecido, umas mais válidas que outras,
mas todas sem qualquer certeza.
Poderá ter sido uma paragem de digestão que tive uma semana antes e que estive 3 dias "abananado"? 
Terá o ritmo sido elevado demais? Mas se fosse nunca me iria sentir cansado à meia-maratona. 
Terá sido por não fazer o habitual reforço de magnésio nas semanas anteriores? 
Apesar de ser habitual haver lá em casa, estive algumas semanas sem comer bananas. Terá influenciado?
Ou será que foi um pouco disto tudo?

Mas o desaire não me marcou. Já estou a caminho da próxima.

A sofrer, mas com o
Carlos no apoio.
Resta-me referir e agradecer o imenso apoio dos "Vicentes" do Correr Lisboa, apoiando durante grande parte do percurso, incansáveis (alguns até iam acompanhado a prova aparecendo em locais diferentes), agradecer também o apoio de outros amigos e conhecidos (e desconhecidos) que durante o percurso tudo faziam para nos "empurrar" um pouco, a força dos outros maratonistas e meio-maratonistas com quem me cruzei antes, durante e depois da prova e, "last but not least", não podia deixar de agradecer e elogiar a forma como o Carlos Ramos me ajudou durante os últimos 7 Km's. Ele deu-me força, empurrou-me, ia à frente buscar água e voltava para trás, ajudava-me a alongar... fez tudo ao seu alcance para que eu cortasse a linha de meta. Obrigado Carlos. Obrigado a todos.

Até já...


Apesar de tudo, orgulhoso e feliz.




segunda-feira, 17 de novembro de 2014

14º Treino Solidário Correr Lisboa

Vai realizar-se no próximo sábado, dia 22 de Novembro, mais um Treino Solidário organizado pelo Correr Lisboa. APAREÇAM!!!



14º Treino Solidário | 22 Novembro 2014 | 10h00 | Lisboa*
Correrlisboa.com/Isabel Silva 


Juntos vamos correr para ajudar o CASA - Centro de Apoio ao Sem Abrigo

O Correr Lisboa e a apresentadora/jornalista da TVI Isabel Silva juntam-se para apoiar o CASA e contam com a vossa ajuda também! 

No dia 22 de Novembro venham correr (10km ou 5km) ou caminhar (3km) e ajudar quem mais precisa. 
A participação no treino é gratuita mas pedimos a todos que tragam donativos para ajudar o CASA. 

Os bens mais necessários no CASA neste momento são:
produtos de higiene (lâminas de barbear, creme para barba, escovas de dentes, pastas de dentes, champôs, gel de banho, pensos higiénicos)
roupa interior (cuecas e meias)
cobertores
sacos cama

Estre treino conta também com o apoio da Vimeiro, da Powerade, da Adidas, da Nestlé Fitness e Câmara Municipal de Lisboa.

Contamos com a vossa participação e com a vossa ajuda!

Juntos vamos pôr Lisboa a correr!
Juntos vamos correr para ajudar!

Agenda:
10h00 - Chegada*/ Entrega dos donativos para o CASA
10h15 - Boas vindas
10h20 - Aquecimento
10h30 - Partida para o treino (10km e 5km - correr, 3km - caminhar)
11h30 - Alongamentos
11h40 – Regresso*/ Entrega de garrafas de água Vimeiro e copos com Powerade
12h00 – Despedidas

*O local de partida/chegada será anunciado brevemente.

Inscrições: http://www.correrlisboa.com/inscricao.html




segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Resumo dos últimos meses por um calão compulsivo...

Estou de volta, mais uma vez. O tempo (ou a falta dele) e alguma (muita) calanzisse fez com que deixasse os relatos dos eventos bem atrasados, inclusive alguns bem atrativos, quase sempre com o “carimbo” CorrerLisboa. 

Muito resumidamente aqui ficam as últimas provas:


24.05.2014 - Forum Barreiro Run (13Km)

Uma prova diferente com uma distância nada normal.
No entanto era a oportunidade ideal para testar o ritmo de 10 Km durante um pouco mais e antes de atacar os 15 Km nesse ritmo.
Apesar do objectivo inicial ser cumprido acabei por juntar a função de lebre da Brigitte para a ajudar a conquistar o 3º lugar da geral feminina. Também este objectivo foi bem sucedido e sai mais um pódio para o Correr Lisboa.
Terminei com 57m58s.

01.06.2014 - Corrida Noturna - Strada Shopping Outlet (5Km)

Uma brincadeira gira e diferente... e dura.
Corrida quase na totalidade no interior do shopping Strada, sempre a fundo, com rampas, escadas, curvas apertadas, mais escadas, etc... e sempre a abrir.
Acabei com 19m20s mas com a sensação que a distância não chegava a 5Km. Pelo facto da corrida ser em recinto coberto o GPS não serviu para esclarecer as dúvidas, mas não me parece que consiga correr assim tão rápido.


15.06.2014 - Corrida Jumbo Estoril 2014 (10Km)

A recuperar de uma lesão não pude fazer a prova como queria. Optei por acompanhar a Carla, o que me obrigava a fazer a prova num ritmo mais lento e a não cair em tentações.
Não sendo um percurso fácil (e com muito calor à mistura) fiquei com pena de não poder aproveitar ao máximo a prova. Vou tentar lá voltar para "queimar borracha".
Tempo final 1h21m06s.


28.06.2014 - 35ª Corrida das Fogueiras (15Km)

Uma das que tento não falhar.
Em função do aglomerado inicial, este ano tentei posicionar-me o mais à frente possível. A estratégia não foi totalmente correcta já que, para tentar não atrapalhar atletas mais rápidos, acabei por fazer os primeiros quilómetros rápidos demais. Viria a pagar mais tarde. Tive que gerir o esforço para não "estoirar" mas acabei por fazer uma boa prova.
Terminei com 1h11m09s, o meu 2º melhor tempo aos 15Km.


07.09.2014 - Corrida da Festa do Avante 2014 (11Km)

Mais um belo passeio pela Baia do Seixal.
Sem objectivos definidos para esta prova aproveitei para acompanhar o Adelino num teste de ritmo para ele.
Tentámos rolar o mais próximo possível dos 4:30 min/Km o que não falhámos por muito.
Grande prova que fizemos para terminarmos com 50m52s.
Teste bem positivo.


14.09.2014 - Corrida do Tejo 2014 (10Km)

Com um treino longo na véspera inserido na preparação para a Maratona de Lisboa, esta não iria ser uma prova rápida. Como tal aceitei o convite para fazer de marcador de ritmo para alguns atletas do Correr Lisboa que queriam superar (ou aproximar) os 60 minutos.
E resultou em pleno, uns baixaram os 60 minutos e outros ficaram bem perto mas com o sentimento que estaria próximo.
O tempo final de 1h02m39s mostra a tranquilidade deste "treino".
No final ainda deu para mais alguns "reboques" nas difíceis centenas de metros finais.



21.09.2014 - Corrida Semana Europeia da Mobilidade 2014 / Correr Lisboa (10Km)

Primeira corrida oficial do Correr Lisboa em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa.
Percurso plano com partida e chegada na Estação Fluvial de Belém e retorno no Cais do Sodré.
Ia com ritmo para PBT mas uma alteração de última hora no traçado, por imposição policial, fez com que a prova tivesse cerca de 400 metros a menos.
Terminei com 42m56s.


E por hoje é tudo.
Nos próximos dias vem o relato da Maratona de Lisboa, Corrida do Montepio e Meia-Maratona da Nazaré, todas com sensações à flor da pele.

Até já...